Com folhas de coloração verde clara, a serralha é uma planta anual, de pequeno porte, ereta e leitosa. Pouco ramificada, ela é originária do Norte da África, da Europa e da Ásia. Ela também pode ser encontrada na região Sul do Brasil.

De acordo com a Tabela Brasileira de Composição de Alimentos (TACO), a planta é composta por nutrientes como carboidratos, proteínas, fibras, cálcio, fósforo, manganês, magnésio, ferro potássio, cobre, zinco, sódio, vitamina B2, vitamina B6 e vitamina C. Segundo o Centro de Produções Técnicas (CPT), ela também é uma rica fonte de vitamina A, vitamina D e vitamina E. 

A serralha também é conhecida por outros nomes como Sonchus oleraceus, erva daninha, cerraia, chicória-brava, serralha lisa, serralheira e ciumo.

Para que serve? Quais benefícios se destacam?

A planta é conhecida por desintoxicar o fígado, combater a dor de estômago e por possuir ação desintoxicante, antimicrobiana, antidepressiva, antimalárica e de purificação do sangue. Vamos agora conhecer mais alguns dos benefícios da serralha.

– Auxílio ao tratamento de pessoas com peso abaixo do normal 

A planta pode ser útil para pessoas que sofrem com baixo peso e possuem dificuldades para engordar. Isso porque um de seus efeitos é o aumento de apetite. Obviamente, ela pode apenas dar uma força e quem sofre com o problema deve consultar um médico que irá prescrever o tratamento completo e eficaz para sanar a complicação.

– Colabora com o tratamento do vitiligo 

A Sonchus oleraceus é dotada de um aminoácido chamado fenilalanina, que contribui com o funcionamento das células dos pigmentos. Assim, ela pode auxiliar pessoas que sofrem com o vitiligo, uma doença caracterizada justamente pela perda gradativa da pigmentação da pele, que geralmente vem acompanhada do aparecimento de manchas pelo corpo.

ARTIGOS COMPLEMENTARES

Mais uma vez, a planta apenas pode auxiliar o processo, pois o ideal para os diagnosticados com a doença é seguir o tratamento indicado pelo médico.

Por outro lado, o fato da serralha possuir a fenilalanina faz com que ela seja proibida para pessoas diagnosticadas com fenilcetonúria. Isso porque as pessoas que possuem a condição não são capazes de quebrar a fenilalanina, já que seus organismos não produzem uma quantidade suficiente da enzima responsável por essa tarefa.

Ao consumir alimentos, bebidas ou substâncias com taxas significativas de fenilalanina, o risco é que o composto fique armazenado no corpo desses indivíduos e cause prejuízos como problemas mentais e lesões cerebrais.

– Problemas digestivos 

O chá de serralha é utilizado para tratar problemas digestivos, já que possui uma ação estimulante em relação à digestão. A planta atua no aumento da produção da bile, fluido responsável pela digestão de gorduras e absorção de nutrientes provenientes dos alimentos quando estes passam pelo intestino.

A indicação é consumir a bebida antes das refeições para combater a má digestão dos alimentos. Porém, você também deve solicitar ajuda médica caso sofra com problemas digestivos e certificar-se que seu fígado não está danificado antes de tomar o chá. Isso porque se ele não for capaz de se livrar do excesso de bile, pode surgir a icterícia, doença caracterizada pelo amarelamento da pele e dos olhos.

– Possui propriedades anti-inflamatórias 

Suas folhas são aplicadas em forma de um cataplasma para tratar inchaços no corpo, associados a problemas inflamatórios. O cataplasma feito com a serralha também é indicado para o alívio de dores reumáticas.

– Dotada de propriedades tônicas

Isso significa que a Sonchus oleraceus estimula a resposta imunológica do organismo, o que é importante para a prevenção e o tratamento de doenças. As plantas com propriedades tônicas, como é o caso da serralha, diminuem a fraqueza e a sensação de cansaço, estimulam a produção de células e recuperam tecidos que sofreram danos.

– É antioxidante 

A planta possui propriedades que combatem os radicais livres que promovem o envelhecimento precoce e são causadores de graves problemas de saúde como câncer, doença no coração e artrite.

– Tem propriedades sedativas

A serralha age como um sedativo natural, trazendo um efeito calmante e de relaxamento que pode ser útil para pessoas que sofrem com ansiedade e têm dificuldade para dormir. Tomar um chá de Sonchus oleraceus pode colaborar para ter uma noite de sono de maior qualidade e descansar melhor.

Entretanto, se o seu problema para relaxar e descansar é persistente, além de experimentar plantas sedativas como a serralha, é aconselhável que você procure auxílio de um médico.

Como plantar 

A serralha pode ser cultivada em campos abertos ou hortas. Ela não exige determinado tipo de clima ou solo, entretanto, desenvolve-se melhor em locais relativamente úmidos, com clima ameno, sem exageros na temperatura e em solos férteis, bem drenados, ricos em matéria orgânica com pH entre 5,5 e 6,5. Sua colheita ocorre durante o ano todo, na floração.

As sementes devem ser plantadas em seu local definitivo na horta ou em canteiros, sementeiras e outros recipientes como vasos e jardineiras que tenham no máximo 1 cm de profundidade. O espaçamento entre as plantas deve ser de 30 cm e o transplante das mudas acontece quando elas tiverem no mínimo quatro folhas verdadeiras.

A serralha deve ser cultivada de modo que receba iluminação solar direta pelo menos durante algumas horas do dia. Já sua irrigação deve manter o solo sempre úmido, porém, sem deixá-lo encharcado. As plantas invasoras que estiverem concorrendo com a serralha por recursos e nutrientes devem ser retiradas do local.

Recomenda-se que sua colheita seja realizada preferencialmente antes do aparecimento das flores, ainda que essas também possam ser utilizadas. A planta adulta rebrota novamente caso suas raízes não tenham sido removidas.

É possível realizar a colheita individual das folhas aproximadamente dois meses depois do plantio, estendendo-se por alguns meses. A regra é colher somente as folhas que estiverem bem desenvolvidas.

A planta ainda pode ser encontrada para comprar em feiras livres ou lojas especializadas na venda de produtos naturais.

Como usar 

Toda a serralha pode ser utilizada em preparações como chás, cataplasmas, saladas e sopas. Confira abaixo uma receita de chá de serralha para combater a má digestão:

Ingredientes: 

  • 2 colheres de sobremesa de serralha picada;
  • 2 xícaras de água fervente.

Modo de preparo:

  1. Adicionar a serralha picada em uma panela com a água fervente;
  2. Deixar repousar por 10 minutos e o chá estará pronto. A recomendação é consumir a bebida antes das refeições.

Você já tinha ouvido falar da serralha e seus benefícios para a saúde? Já a experimentou em forma de chá ou outros modos na cozinha? Comente abaixo!

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (25 votos, média: 4,28 de 5)
Loading...


Related news

Moda lo ultimo 2019 nba
Quero ficar com voce dormir com voce
Juliatto e foggiatto ltd accommodations
Chuva mohler esse povo alegria cirque
Reefton victoria accommodations
Vero moda india stores online
Floripondia moda chile
Accommodation and convergence test eye
Histoire des partis politiques allemands elementary
Preliminaires que faire a shanghai